SELOZOK 25MG 30CP (METOPROLOL)SELOZOK 25MG 30CP (METOPROLOL)SELOZOK 25MG 30CP (METOPROLOL)

Selozok 25Mg 30Cp

R$ 33,22

2% de desconto no Boleto ou PIX

preço normalR$ 33,90
Até 6x de R$ 5,64 sem juros

Selozok é indicado para tratamento da Hipertensão arterial (pressão alta) - redução da pressão arterial, da morbidade e do risco de mortalidade de origem cardiovascular e coronária (incluindo morte súbita); Angina do peito; Adjuvante na terapia da insuficiência cardíaca crônica sintomática, leve a grave: aumento da sobrevida, redução da hospitalização, melhora da função ventricular esquerda, melhora na classe funcional da New York Heart Association (NYHA) e melhora na qualidade de vida; Alterações do ritmo cardíaco, incluindo especialmente taquicardia supraventricular; Tratamento de manutenção após infarto do miocárdio; Alterações cardíacas funcionais com palpitações; Prevenção de crises de enxaqueca.

Continuar lendo a descrição

Minimizar descrição

princípio ativoSuccinato De Metoprolol
fabricanteASTRAZENECA
Quantidade

Frete e prazo de entrega

Bula do Selozok 25Mg 30Cp


Como o Selozok funciona?


Selozok pertence a uma classe de medicamentos chamada betabloqueadores, que age reduzindo o esforço do coração.

Selozok é um comprimido revestido de liberação controlada, que libera o medicamento por um tempo controlado, assegurando um efeito por mais de 24 horas. Em geral, o início do efeito é observado dentro de algumas horas, mesmo em baixas doses de metoprolol. O efeito anti-hipertensivo máximo de qualquer faixa de dose de metoprolol será atingido após uma semana de terapia.

 

Quais as contraindicações do Selozok?

 

Você não deve utilizar Selozok nas seguintes situações:

·         Se tiver alergia ao metoprolol, aos demais componentes da fórmula ou a outros betabloqueadores;

·         Bloqueio atrioventricular de grau II ou de grau III, pacientes com insuficiência cardíaca não compensada instável (ou seja, edema pulmonar [água no pulmão], hipoperfusão [baixa taxa de oxigênio nos órgãos do corpo] ou hipotensão [pressão baixa]), e pacientes com terapia inotrópica contínua ou intermitente agindo através de agonista do receptor beta, bradicardia sinusal clinicamente relevante, síndrome do nó sino-atrial (a não ser que você faça uso de um marcapasso permanente), choque cardiogênico e arteriopatia periférica grave;

·         O metoprolol não deve ser administrado em pacientes com suspeita de infarto agudo do miocárdio, enquanto a frequência cardíaca for < 45 batimentos/minuto, o intervalo PQ for > 0,24 segundos ou a pressão sistólica for < 100 mmHg.

 

Como usar o Selozok?

 

Selozok deve ser administrado em dose única diária por via oral, com líquido, podendo ser ingerido com as refeições ou com o estômago vazio.

Hipertensão

A dosagem recomendada para pacientes com hipertensão leve à moderada é 50 mg de Selozok uma vez ao dia. Em pacientes que não respondem a 50 mg, a dose pode ser aumentada para 100 a 200 mg uma vez ao dia e/ou combinada com outros agentes anti-hipertensivos.

O tratamento anti-hipertensivo de longa duração com doses diárias de 100-200 mg de metoprolol tem demonstrado reduzir a mortalidade total incluindo morte cardiovascular súbita, acidente vascular cerebral e eventos coronarianos em pacientes hipertensos.

Angina do peito

A dosagem recomendada é 100-200 mg de Selozok uma vez ao dia. Se necessário, Selozok pode ser combinado com outros agentes antianginosos.

Insuficiência cardíaca crônica

A dose de Selozok deve ser ajustada individualmente em pacientes com insuficiência cardíaca crônica estabilizados com outro tratamento de insuficiência cardíaca. Uma dose inicial recomendada durante as duas primeiras semanas é um comprimido de 25 mg uma vez ao dia. Recomenda-se que os pacientes com classes funcionais III-IV de NYHA comecem com meio comprimido de 25 mg uma vez ao dia, na primeira semana. Recomenda-se que a dose seja dobrada a cada 2 semanas, até uma dose máxima de 200 mg de metoprolol uma vez ao dia (ou até a dose máxima tolerada). Durante o tratamento à longo prazo, o objetivo deve ser atingir a dose de 200 mg de metoprolol uma vez ao dia (ou a dose máxima tolerada).

Em cada nível posológico, o paciente deve ser avaliado cuidadosamente no que se refere à tolerabilidade. Em caso de hipotensão, pode ser necessário reduzir a medicação concomitante. A hipotensão inicial não significa necessariamente que a dose não possa ser tolerada no tratamento crônico, mas o paciente deve ser mantido com a menor dose, até se estabilizar.

Arritmias cardíacas (alterações anormais da frequência dos batimentos do coração)

A dosagem recomendada é de 100-200 mg de Selozok uma vez ao dia.

Tratamento de manutenção após infarto do miocárdio

Foi demonstrado que o tratamento à longo prazo com o metoprolol em doses de 200 mg, administrados uma vez ao dia, reduz o risco de morte (incluindo morte súbita) e reduz o risco de reinfarto (também em pacientes com diabetes mellitus).

Alterações cardíacas funcionais com palpitações

A dosagem recomendada é 100 mg uma vez ao dia. Se necessário, a dose pode ser aumentada para 200 mg.

Profilaxia da enxaqueca

A dosagem recomendada é 100-200 mg uma vez ao dia.

Crianças

Há experiência limitada do tratamento de crianças com Selozok.

Insuficiência hepática (funcionamento anormal do fígado)

Normalmente, não é necessário ajuste de dose em pacientes com cirrose hepática, porque o metoprolol tem uma baixa taxa de ligação protéica (5%-10%). Quando há sinais de sério comprometimento da função hepática (por exemplo, pacientes submetidos à cirurgia de derivação), deve-se considerar uma redução da dose.

Insuficiência renal (funcionamento anormal dos rins)

Não é necessário ajuste de dose em pacientes com insuficiência renal.

Idosos

Não é necessário ajuste de dose.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

O comprimido de 25 mg pode ser partido em doses iguais. No entanto, os comprimidos de 50 mg e 100 mg podem ser partidos apenas para facilitar a ingestão/deglutição e não se dividem em doses iguais.

O comprimido de 25 mg pode ser partido. A parte não utilizada do comprimido deve ser guardada na embalagem original e administrada no prazo máximo de 2 dias.

Este medicamento não deve ser esmagado ou mastigado.

Mostrar bula completa

Minimizar bula

PAGAMENTO

Opções de pagamento seguras e com desconto

ENTREGA

Facilidade e agilidade do pedido à entrega

SEGURANÇA

Seguimos todos os critérios estabelecidos pela ANVISA

Frete e prazo de entrega

Estamos no WhatsApp